Igreja Missão Evangélica Deus é Fiel

04/12/2016 16h32 - Atualizado em 04/12/2016 16h43

Tenha Fé, Chame Atenção do Mestre, Não Desista

Não podemos desfalecer a nossa fé. A fé é a base central de um cristão que adora verdadeiramente a Deus.

Por São Paulo, Brasil

Tenha Fé, Chame Atenção do Mestre, Não Desista

Não podemos desfalecer a nossa fé. A fé é a base central de um cristão que adora verdadeiramente a Deus. Foi pela fé, que Abraão saiu de sua terra e de sua parentela, quando ouviu uma voz que lhe ordenava, quem nem conhecia se era a voz de Deus e, mesmo assim, ele obedeceu. Se ele não tivesse fé na voz que ouviu, poderia não ter ido e ficado em Harã que era cheia de corrupções, impurezas etc. Como pode um escolhido/ungido de Deus, se misturar com coisas horrendas aos olhos do Senhor? É por isso que está escrito no livro de Salmos 1.1 “Bem-aventurado o varão que não anda segundo os conselhos dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores”.

Quais as dificuldades que nos impedirá de chegar a Deus? Serão as tribulações, calunias perseguições? O paralítico de Cafarnaum não desistiu. Havia multidões para ouvir a palavra de Jesus. Quatro homens traziam aquele paralítico e vendo que não podiam se aproximar de Jesus, subiram àquela casa e descobriram o telhado e os baixaram. A Bíblia nos relata que Jesus vendo-lhes a fé, disse ao paralitico: Filho, perdoados estão os teus pecados. (Marcos 1-5)

O centurião de Cafarnaum? Pediu a Jesus uma única palavra para que seu criado ficar curado da doença de “moribundo”. Jesus se maravilhou e disse a multidão: “Digo-vos que nem ainda em Israel tenho achado tanta fé”. (Lucas 7.7:9)

E o cego de Jericó? Que clamava dizendo: Jesus filho de Davi tem misericórdia de mim! A multidão repreendendo para que se calasse, mas ele continuava clamando mais ainda: Jesus filho de Davi tem misericórdia de mim! (Lucas 18.29-39). Mesmo com as repreensões o cego Bartimeu, continuou clamando até chamar à atenção do Mestre. Quando Jesus percebeu que lhe chamara, perguntou: O que queres que eu te faça? E ele disse: Senhor, que eu veja. E Jesus lhe disse: Vê; a tua fé te salvou. (Lucas 18.40-42).

Não é diferente em nossas vidas. Temos sempre que chamar a atenção de Deus, como está escrito: Clama a mim, e responder-te-ei, anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes. (Jeremias 33.3). Deus tem coisas grandes em nossas vidas. Temos que acreditar e cada vez mais endireitar as nossas veredas. Pedir que nos molde como um vaso na mão do oleiro. Para que assim, Ele possa arrancar tudo àquilo que não o agrada. Devemos pedir sempre em forma de humilhação, que nos tire as concupiscências da carne e que nos ajude a ter força para meditar na palavra de dia e de noite para não desviarmos nem para direita e nem para esquerda. Que nos dê os seus pensamentos e seu caminhar, pois está escrito: Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o Senhor. (Isaías 55.8)

A cada segundo devemos andar ligado com Deus, se limpando para dar muitos frutos na “videira”.

Deixo-lhes meus irmãos em Cristo, esta breve mensagem de fortalecimento na presença de Deus. Que nós possamos estar firmes nesta caminhada árdua do dia-dia, que nossos lombos estejam cingidos e acesa as nossas candeias.

Sejamos justos, santo e fiel ao nosso Deus, que prosperaremos em tudo aquilo que colocarmos as nossas mãos.

PUBLICIDADE